Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bom Dia Dom Fernando – 24 de abril

Click AQUI e escute na integra

Muito bom dia meus queridos irmãos e irmãs, ouvintes da nossa Rádio Olinda.

Mais uma semana se passou e nossa quarentena continua. Durante esta semana, o que mais me chamou a atenção foi a celebração da segunda-feira, a Festa de Nossa Senhora dos Prazeres nos Montes Guararapes pela maneira como tudo aconteceu. Uma festa que em tempos normais reúne uma multidão de pessoas, desta vez éramos, apenas, cinco concelebrantes e uns poucos fiéis, participantes da equipe de Liturgia, Ministério de Música e Pastoral da Comunicação. Foi consolador, porém, saber que milhares de pessoas acompanharam ou acessaram a celebração, transmitida pelos meios de comunicações sociais. Estando fechadas as portas do templo, ao término da Missa, mesmo a distância, foi emocionante saudar alguns devotos que insistiram em participar, pelo menos em frente àquele Santuário que abriga a imagem de Nossa Senhora dos Prazeres. Diante da imagem original fizemos em seguida à oração após a comunhão, confiante prece pedindo a graça da superação da pandemia que enfrentamos. Assim como Nossa Senhora ajudou a vencer, no século XVII, a batalha contra os invasores holandeses em terras pernambucanas, que ela nos ajude, neste momento, a vencer a batalha contra a Covid-19 que vem atormentando o mundo.

Da liturgia da Missa de hoje, gostaria de partilhar com vocês, queridos radiouvintes, a sábia palavra de Gamaliel dirigida ao Sinédrio, reunido para o julgamento dos apóstolos prisioneiros.  Assim descreve At 5,34-39: Um fariseu, chamado Gamaliel, levantou-se no Sinédrio. Era mestre da Lei e todo o povo o estimava. Gamaliel mandou que os acusados saíssem por um instante. Depois disse: “Homens de Israel, vede bem o que estais para fazer contra esses homens. Algum tempo atrás apareceu Teudas, que se fazia passar por uma pessoa importante e a ele se juntaram cerca de quatrocentos homens. Depois ele foi morto e todos os que o seguiam debandaram, e nada restou. Depois dele, no tempo do recenseamento, apareceu Judas, o Galileu, que arrastou o povo atrás de si. Contudo, também ele morreu e todos os seus seguidores se dispersaram. Quanto ao que está acontecendo agora, dou-vos um conselho: não vos preocupeis com esses homens e deixai-os ir embora. Porque, se este projeto ou esta atividade é de origem humana será destruído. Mas, se vem de Deus, vós não conseguireis eliminá-los. Cuidado para não vos pordes em luta contra Deus!”

Para explicar essa passagem de Atos, convido-os a recordar a palavra de Jesus dirigida a Nicodemos, um dos chefes dos judeus, conforme está em João 3,8: “O vento sopra onde quer, você escuta o seu som, mas não sabe de onde vem, nem para onde vai; assim ocorre com todos os nascidos do Espírito”. Essa passagem do evangelho reforça aquilo que Moisés disse a Josué em Num 11,29 “Quem dera que todo o povo do Senhor fosse profeta e que o Senhor lhe concedesse o seu Espírito”. O mestre Gamaliel foi merecedor dessa graça, talvez inconscientemente, mas no momento certo, foi inspirado a dar a palavra certa que ajudou na propagação do Reino de Deus, influenciando todo o Sinédrio para que os Apóstolos, que se encontravam na prisão, fossem libertados e pudessem continuar sua missão.

Também nós, nos tempos atuais, não nos surpreendamos quando grandes novidades surgem na Igreja. Lembremo-nos que é o Espírito Santo quem guia a Igreja. De nossa parte, precisamos estar abertos à ação do Espírito. Guardemos no coração a orientação de Gamaliel: “Cuidado para não vos pordes em luta contra Deus!” Essa palavra serve para todos, inclusive para nós batizados, oficialmente comprometidos/as com o Cristo e sua Igreja. Não somos donos da verdade, Cristo sim é a Verdade que liberta e nos oferece a verdadeira paz e alegria.

Desejo a todos vocês um dia agradável, um final de semana tranquilo e segunda-feira, se Deus quiser, voltaremos a nos encontrar.

Sobre todos e todas, venham as bênçãos do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

 

Dom Antônio Fernando Saburido, OSB

Arcebispo de Olinda e Recife

Deixe seu comentário: