Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bom dia Dom Fernando – 27 de abril

Click AQUI e escute na íntegra

Muito bom dia queridos irmãos e irmãs, ouvintes de nossa Rádio Olinda.

Mais uma semana se inicia e voltamos a nos encontrar nesta segunda-feira, 27 de abril, já próximos de concluir o quarto mês do ano. A perspectiva é que o convite a FICAR EM CASA continue e precisamos cooperar para evitar o colapso na assistência médica e hospitalar em nosso Estado de Pernambuco, que já começa a preocupar. É importante que a imensa maioria sadia, além de permanecer em quarentena, reforce suas defesas orgânicas ingerindo as vitaminas que têm sido recomendadas e fazendo uso de exercícios que faz muito bem, tanto do ponto de vista físico quanto psicológico e social. Muitas pessoas que se encontram recolhidas têm tomado iniciativas criativas e salutares, e têm partilhado através das redes sociais, como proposta para preencher o tempo e evitar a ociosidade. Vale a pena experimentar, caso esteja de acordo e seja do seu interesse.

Não podemos também esquecer aquilo que é mais importante, o alimento da nossa Fé. Lembrem-se todos e todas, que a Fé é um dom de Deus e pode crescer ou diminuir, dependendo do interesse de cada um. Como alimentar a Fé? Pela Palavra de Deus, escutada com o coração aberto e receptivo como o caso da “semente que caiu em terreno bom” na Parábola do Semeador. A terra boa acolhe a semente e logo a plantinha se desenvolve e produz muitos frutos.

A Fé é também alimentada pelos sacramentos, sobretudo a Eucaristia. E vocês poderiam me perguntar como receber os sacramentos se a participação na Igreja foi interrompida? Temos falado que uma das lições que estamos aprendendo com essa pandemia é a redescoberta do valor e da importância da Igreja Doméstica (a família como célula eclesial). Neste modelo de Igreja, portanto continuemos nossa vida espiritual. De que forma? Rezando; participando à distância das celebrações e fazendo a comunhão espiritual; pedindo perdão; meditando e conversando sobre as coisas do alto, como tem nos falado São João no capítulo terceiro do seu Evangelho; praticando a caridade. Tudo isso, fiquem certo, vai nos fortalecer e vamos retornar às nossas comunidades, revigorados e amadurecidos espiritualmente.

Lembrei acima a prática da caridade e confesso a vocês que tem me edificado muito o testemunho de muita gente, independentemente de sua ideologia ou fé que professe. Têm chegado ao nosso conhecimento tantos gestos de solidariedade de empresários, artistas, esportistas, organizações não governamentais e outros que, espontaneamente, têm tomado iniciativas na assistência social aos mais pobres e necessitados. Além destes, o exemplo de profissionais da área médica, psicológica, econômica e social que auxiliam com orientações e ações. Sobretudo os médicos, enfermeiros e servidores dos hospitais e casas de saúde têm sido verdadeiros heróis a serviço da vida. Não podemos esquecer o batalhão de voluntários que estão se desdobrando no serviço aos desempregados, sem teto e abandonados nas ruas.

Rendo graças a Deus, também, pelo que temos conseguido realizar enquanto Igreja Católica, provendo nossos irmãos e irmãs espiritual (mesmo à distância em sua maioria) e socialmente, sobretudo os mais pobres e excluídos. Parabenizo meus queridos irmãos e irmãs sacerdotes, diáconos, religiosos, consagrados e leigos, pelo empenho nesse caminho e os estimulo a perseverem na prática da caridade. Alguns irmãos e irmãs nossos, mais fragilizados fisicamente, infelizmente, já se foram em consequência da Covid-19 e outros se encontram em processo de recuperação. Nada, porém, deve nos abalar. As cautelas, naturalmente são necessárias, fazendo uso de máscaras, luvas e cuidado com a higiene, mas precisamos perseverar, sobretudo os que não fazem parte do grupo de risco.

Desejando a todos vocês um dia de paz, despeço-me fraternalmente. Amanhã voltaremos a nos encontrar, se Deus quiser.

Sobre todos e todas venham as bênçãos do Pai, Filho e Espírito Santo.

 

Dom Antônio Fernando Saburido, OSB

Arcebispo de Olinda e Recife

 

Deixe seu comentário: